O que foi notícia esta semana

11 de setembro de 2020 | Assuntos Previdenciários | Por riaambrasil | Um comentário

O que foi notícia nas páginas da RIAAM-Brasil, RIAAM-Minas e da Aseapprevs na internet

A semana termina com a expectativa da reabertura dos postos de atendimento do INSS.

Prevista para a próxima segunda, dia 14, a retomada dos serviços de forma presencial pode não ocorrer devido a uma greve dos servidores do Instituto Nacional do Seguro Social – o INSS.

Os trabalhadores ainda não se sentem seguros em retornar temendo os riscos de exposição ao novo coronavírus.


INSS garante reabertura e servidor fala em greve

https://riaambrasil.org.br/impasse-na-reabertura-dos-postos-da-previdencia/


Uma proposta para aumentar em cinco pontos percentuais a aposentados e pensionistas a margem do crédito consignado está sendo estudada.

Esta margem é uma percentagem máxima da renda mensal que aposentados e pensionistas podem comprometer para quitar os empréstimos. Atualmente este limite é de 30% no crédito consignado, com o desconto em folha, mais 5% no cartão de crédito.

A direção da Previdência Social ainda não se pronunciou.


Conselho de Previdência sugere elevar limite da renda que aposentado do INSS pode comprometer com empréstimos

https://riaambrasil.org.br/previdencia-pode-mudar-margem-dos-consignados/


INSS vai pagar adicional ao auxílio-doença em outubro

O INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) vai começar a pagar um valor adicional a quem recebeu antecipação do auxílio-doença, no valor de um salário mínimo (R$ 1.045), mas tinha direito a mais do que isso.

Por causa da pandemia do novo coronavírus, que fechou as agências do INSS e impediu a realização de perícias médicas, o órgão pagou o auxílio antecipado a trabalhadores que precisaram se afastar temporariamente do trabalho. Mas o valor era de apenas R$ 1.045.

Agora o INSS afirmou que vai pagar, em outubro, a diferença para quem deveria ter recebido mais do que R$ 1.045.

http://www.riaam-minas.org.br/2020/09/10/inss-vai-pagar-adicional-ao-auxilio-doenca-em-outubro/


Disparam os golpes contra os idosos na quarententa.

Os números são dos próprios bancos – por meio da Federação Brasileira de Bancos, a Febraban: desde o ínicio das medidas de distanciamento social houve um aumento de 60% em tentativas de golpes financeiros contra idosos.

Ainda de acordo com a entidade que representa os bancos, a maioria das tentativas, com cerca de 70%, são estelionatários querendo obter códigos e senhas.


Golpes contra idosos disparam na quarentena

https://aseapprevs.com.br/golpes-contra-idosos-disparam-na-quarentena/


Ouça em áudio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*