Idosos e viúvas as maiores vítimas da covid-19

Yedda Gaspar (*)

A pandemia provocada pelo novo coronavírus mudou completamente a vida de todo mundo, mas ninguém mais do que os idosos e as viúvas sofrem tanto. Segundo a última pesquisa divulgada pelo Ministério da Saúde, a covid 19 matou 142.049 pessoas acima dos 60 anos. Como este levantamento é datado de 12 de janeiro, ou seja, muito antes da catástrofe atual, dá para se concluir que o número de idosos mortos é muito maior atualmente.
Como se não bastasse essas centenas de milhares de famílias sofrendo a perda do ente querido, o mesmo número de pensionistas – a grande maioria viúvas – sofre de outro grande e, aparentemente, irremediável problema: o brusco empobrecimento.

Por causa da incrível incompetência do governo Bolsonaro em lidar com a pandemia, chegando a negar a compra de 70 milhões de vacinas, oferecidas em agosto do ano passado, o Brasil bate recordes macabros de mortes e, a cada dia, milhares de viúvas perdem, da noite para o dia, 60% de sua renda mensal.
E por que isso acontece?

Os riscos para o trabalhador doméstico

Porque temos o pior Congresso da história, que baixou a cabeça, em troca de emendas parlamentares, e aprovou o projeto mais cruel que já passou por lá: a famigerada Reforma da Previdência. E a tal “deforma”, assim mesmo, com d, trocou os 100% do salário ou da aposentadoria que a pensionista teria direito, por 60%. Quem tinha uma renda familiar de R$ 2.000, por exemplo, morrendo o chefe da família, passa a ganhar somente R$ 1.200.

Mas, será que os preços do aluguel, dos remédios, da alimentação, vestuário, cairão para essa pensionista, 60% também? É claro que não! A consequência é o aumento considerável de viúvas pobres ou mesmo na miséria, pois em muitas casas ainda reina o desemprego dos filhos.
Foi por isso que eu, em nome da nossa Federação, e o Rômulo de Carvalho, em nome da Associação dos Aposentados e Pensionistas de Volta Redonda, a maior da América Latina, escrevemos para todos os deputados reivindicando um projeto que restitua a pensão de 100%.

Infelizmente, a falta de sensibilidade dos “nobres parlamentares” não os deixou responder. Mas vamos continuar lutando, até que essa grande injustiça seja sanada.

*É presidente da Federação das Associações dos Aposentados e Pensionistas do Estado do Rio de Janeiro (Faaperj)

Artigo publicado no jornal “O Dia” – Leia aqui


Veja também na RIAAM-Brasil



5 thoughts on “Idosos e viúvas as maiores vítimas da covid-19

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *