Dívida de planos de saúde pagaria vacinação

Os planos privados de saúde devem cerca de R$ 2,9 bilhões ao SUS – o Sistema Único de Saúde. O valor é suficiente para a comprar um estoque gigantesco de vacinas contra a Covid-19: 58 milhões de doses.

As informações são da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), responsável por fiscalizar o setor e cobrar o pagamento.

Com os R$ 2,9 bilhões da dívida total, equivalente a US$ 588 milhões, daria para comprar ao menos 58 milhões de doses de vacinas contra a Covid-19 (considerando o valor de 10 dólares por dose pago pelo Ministério da Saúde na maioria das vacinas), o que seria suficiente para imunizar 29 milhões de pessoas.

Leia como a pandemia afetou os idosos

O ressarcimento ao SUS consta na Lei 9.656, de 1998, e foi criado como uma forma de equilibrar as contas do sistema público e evitar que as operadoras ganhem duas vezes: com as mensalidades pagas, e sem gastar com o atendimento aos clientes. A medida não tem impacto financeiro ao usuário, já que a conta é enviada ao plano de saúde.

O ranking de devedoras é liderado pela Hapvida, que tem débito de R$ 382 milhões e nunca pagou um único centavo. Em seguida vem a NotreDame Intermédica, com dívida de R$ 265 milhões, dos quais quitou apenas R$ 9.306 (0,003% do total), segundo a ANS.

(* Com informações do Repórter Brasil – A reportagem completa você acessa aqui )


Veja também na RIAAM-Brasil



3 thoughts on “Dívida de planos de saúde pagaria vacinação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *