CNBB pede uma reforma da Previdência justa e digna

3 de maio de 2019 | Reforma da Previdência | Por riaambrasil | Um comentário
O bispo de Lajes, dom Guilherme Werlang

Foto: CNBB

A 57ª Assembleia Geral dos Bispos teve início na última quarta-feira (1/5) em Aparecida e o tema da Reforma da Previdência esteve na pauta. Logo pela manhã, a assembleia divulgou uma nota pelo Dia do Trabalhador e, sobre ela, o bispo de Lajes (SC), Dom Guilherme Werlang, enfatizou alguns pontos na primeira coletiva, realizada nesta tarde.

Dom Guilherme, que tem vasta atuação junto às Pastorais Sociais da Igreja, termina neste ano seu segundo mandato à frente da Comissão Episcopal Pastoral para o Serviço da Caridade, da Justiça e da Paz. Ele, que mantém uma posição firme junto às minorias e aos pobres, explicou que a Igreja sempre lutará pela dignidade da pessoa e isso resulta, atualmente, numa preocupação com os mais de 12 milhões de desempregados no país.

“Manifestamos nossa preocupação com o grave problema do desemprego”, disse o bispo. “Todas as pessoas deveriam podem viver e dar dignidade de vida à sua família a partir do próprio trabalho”, completou.

Direitos estão sendo retirados

O bispo enfatizou, então, que a atual Reforma da Previdência também preocupa o organismo, porque estão sendo “retirados direitos conquistados a duras penas e garantidos numa Constituição cidadã”, frisou.

Dom Werlang assinalou também que não é justo que, após anos de trabalhos exaustivos, as pessoas caiam na insegurança e dependência de outras pessoas. “Temos que lutar para que o direito a uma aposentadoria digna seja assegurado”, pontuou.

(* Com informações do site A12 – acompanhe mais
https://www.a12.com/redacaoa12/assembleia-geral-cnbb/cnbb-comeca-com-apelo-a-uma-reforma-da-previdencia-justa-e-digna

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*